MUSEU MUNICIPAL

O Museu Municipal José Avelino Barbosa conta com mais de 200 peças e cerca de duas mil fotografias e arquivo textual que contam a história da região e do Vale do Aço. É um espaço onde encontra cultura e um centro de pesquisa da história da região, mas especificamente, sobre Coronel Fabriciano.

Muitos objetos que se encontram no museu foram doados por moradores da cidade. Os familiares do pioneiro da cidade José Avelino Barbosa, homenageado com o nome do Museu, também doaram peças ao espaço.

Entre as peças do acervo do museu, encontra-se a imagem de São Sebastião que inaugurou a primeira igreja do antigo povoado do Calado, em 1929, e o quadro “O Último Trem”, de Míriam d’Arc, pintado em 1979. Também há objetos curiosos, como televisores e rádios antigos e o primeiro sistema de radiodifusão a funcionar através de alto falantes na região central da cidade. 

Para ter um acervo maior, o museu continua recebendo as doações de peças antigas, fotografias e qualquer outro material que ajudam a contar a história de Fabriciano e região.

 

MUSEU MUNICIPAL

Secretaria de Governança do Desenvolvimento Econômico, Turismo e Cultura 

Dr. Querubino, 342, Centro – em frente ao Salão Paroquial.

Atendimento: segundas as sextas-feiras, das 12h às 18h. 

Telefone: 3846-7701.

CONHEÇA A HISTÓRIA DO MUSEU MUNICIPAL

O Museu Municipal José Avelino Barbosa foi criado pela Lei nº 1799/84, por iniciativa do então vereador Clodomiro de Jesus. Mas só após uma década, em 1998, o acervo começou a ser organizado no terraço da sede da Secretaria Municipal de Educação e Cultura. A primeira exposição pública foi em janeiro de 1999, no Salão Paroquial São José, em comemoração aos 50 anos de emancipação do Munícipio. 

Para constituir o acervo do Museu, as famílias de Coronel Fabriciano foram convidadas a doar objetos, fotografias, peças de mobiliário e vestuário, utensílios domésticos, obras de arte e imagens sacras. A partir de 2009, começou a ser organizado de forma gradativa e constituiu-se uma reserva técnica, arquivo fotográfico e textual. Em paralelo, foi feita a catalogação e o registro dos bens. 

O modelo de organização da instituição foi inspirado no Museu Histórico Abílio Barreto, de Belo Horizonte. O museu foi inaugurado, oficialmente, em 22 de outubro de 2014 e com o nome Museu Histórico Municipal José Avelino Barbosa. O homenageado foi uma personalidade muito influente na cidade e faleceu em 28 de julho de 2013, deixando grande acervo para a instituição.

Atualmente, o museu funciona em local estratégico na cidade, no Centro Integrado de Turismo e Cultura. As visitas podem ser realizadas durante a semana ou agendadas, junto ao espaço cultural.

 

 NOTICIAS EM DESTAQUE
Inscrições para cursos online gratuitos vão até o dia 5 de junho

Inscrições para cursos online gratuitos vão até o dia 5 de junho

 19/10/2021 07:10

Serra dos Cocais em Fabriciano ganhará telefonia móvel e internet

Serra dos Cocais em Fabriciano ganhará telefonia móvel e internet

 19/10/2021 07:10

Biblioteca de Fabriciano reforça campanha de doação de livros

Biblioteca de Fabriciano reforça campanha de doação de livros

 19/10/2021 07:10